Taciana Valença

TACI EM VERSOS E PEDAÇOS.

Textos


Passa, camuflado pela névoa;
Quem vê? Quem viu?
Nenhum agasalho,
Café, lenha, fogão
Deita-se no chão
Um lagartixa,
Na insistência de viver
Condenado ao frio,
Sem perdão,
Sua identidade,
Sentença de morte!

(Taciana Valença)
TACIANA VALENÇA
Enviado por TACIANA VALENÇA em 22/07/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras