Taciana Valença

TACI EM VERSOS E PEDAÇOS.

Textos


Se colar no céu da tua boca
Certamente não serei só palavras.
Serei sabor, saliva, hálito, viço.
Ponta da língua acariciando dorso,
Quente conhaque ou cheirando a café,
Não saberia dos dias frios. Só poesia.
Agora, recolhida em tua boca,
Pasta cheirando a hortelã,
Acordando suave no bocejar do dia,
Talismã.
TACIANA VALENÇA
Enviado por TACIANA VALENÇA em 02/10/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras